Integração

0
84

APUÍ CONSTRÓI NOVAS ALTERNATIVAS DE TRANSPORTE – Todos sabem do desafio que a Prefeitura assumiu de fazer a manutenção dos cercas de 1600 km de estradas vicinais do Município de Apuí. Estradas em boas condições de tráfego é imprescindível para o transporte da produção e de pessoas pela zona rural do Município. Mas a prefeitura foi além e já construiu cerca de 150 km de novas estradas.

Muitas dessas estradas levam a novas propriedades de agricultores que continuam chegando ao Município, vindos de vários estados do Brasil, principalmente de Rondônia. De acordo com o prefeito, essa migração continua acontecendo porque as pessoas estão acreditando no trabalho que está sendo feito em Apuí.

Entretanto, grande parte dessas estradas foram construídas com o objetivo de integrar várias comunidades e reduzir o caminho percorrido pelos ônibus escolares. São ramais que interligam duas ou mais vicinais.  Esses travessões também contribuem para a locomoção dos moradores. Algumas comunidades que estavam sujeitas a isolamentos pontuais em caso de rompimento de bueiros, por exemplo, agora tem outras opções de deslocamento em caso de emergência.

No transporte escolar, por exemplo, os ganhos foram significativos. A interligação entre as vicinais permite que o ônibus entre por uma vicinal e saia por outra, dispensando a necessidade do veículo voltar pelo mesmo lugar que passou, antes de entrar na vicinal seguinte. Essa dinâmica reduz custos com transporte e diminui o período em que o aluno permanece dentro ônibus.

O coordenador do Transporte Escolar no Município, Gilsemário Motta, conta que nos últimos três anos a rota do ônibus mudou muito devido à integração entre as vicinais Mariano e Zeni, Três Buritis e Três de Julho, Três de Julho e Vicinal Linhares, Vicinal Cacoal e João Galeão, Vicinal Mineira e Soldado da Borracha, Vicinal Tocantins e Vicinal Dom Pedro e Vicinal Gaúcha e Vicinal Amazonas. Mesmo atendendo mais comunidades do que atendia antes, estes atalhos reduzem o percurso do transporte escolar em cerca de 100 km por dia. O que significa economia para as contas do município, permitindo por exemplo a compra de novos ônibus, proporcionando mais conforto e segurança aos alunos.

Aparentemente a construção de novas estradas pode representar um aumento de gastos, mas a longo prazo, percebemos que os investimentos representam economia significativa. São através de ações simples, mas corajosas como essa que a Prefeitura de Apuí vem resolvendo problemas numa escala que a maioria das pessoas não acreditava que fosse possível.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui