Nossa História

À medida que avançava o povoamento do Vale do Rio Madeira, iam surgindo pólos de
desenvolvimento representados pelas atuais cidades de Novo Aripuanã, Manicoré e Humaitá.
Em 1955, desmembrando-se de Borba, surgia o município autônomo de Novo Aripuanã. Uma
região para qual vieram nos últimos tempos muitos colonos do sul do país. Em 30.12.1987, pela
Lei no. 826 a área do Município de Novo Aripuanã foi emancipada, passando a constituir o
novo Município de Apuí. Em 03 de novembro de 1989, foi eleito pelo voto direto, o primeiro
Prefeito de Apuí, como também a primeira Câmara Municipal, composta por nove vereadores.

Formação Administrativa

Elevado á categoria de município com a denominação de Apuí, pela emenda
constitucional nº 12, de 10-02-1981 (Art. 2º – disposições gerais Transitórias), delimitado pelo
decreto estadual nº 6158, desmembrado dos municípios de Borba e Novo Aripuanã Sede no
atual distrito Apuí. Instalado em 31-01-1983.

Fonte: IBGE

Dados estatísticos

Prefeito ANTONIO ROQUE LONGO   [2017-2020]
Gentílico apuiense
Área territorial 54.245,153 km²   [2017]
População estimada 21.583 pessoas   [2018]
Densidade demográfica 0,33 hab/km²   [2010]
Escolarização 6 a 14 anos 93,4 %   [2010]
IDHM Índice de desenvolvimento humano municipal 0,637   [2010]
Mortalidade infantil 17,94 óbitos por mil nascidos vivos   [2014]
Receitas realizadas 38.939 R$ (×1000)   [2017]
Despesas empenhadas 32.865 R$ (×1000)   [2017]
PIB per capita 8.809,62 R$   [2016]

Disponível no site IBGE

Você também poderá conhecer um pouco mais sobre a história administrativa do município no site da Câmara Municipal de Apuí no link Historia Administrativa